O Tabelionato de Protesto de Títulos e Documentos de Dívida – 4º Ofício - foi criado pela Lei nº 3.731 de 22 de novembro de 1979, publicada no decreto Governamental de 31 de janeiro de 1984. Nesta época os Cartórios eram estatizados e administrados pelo Tribunal de Justiça do Estado da Bahia.

A partir do advento da Lei nº 12.352/11 de 08 de setembro de 2011, sancionada pelo Governador do Estado da Bahia e publicada em 09 de setembro de 2011 no Diário Oficial, este Tabelionato, junto às demais serventias notariais e registrais da Bahia, começou a funcionar, a partir de 26 de março de 2012, de forma privada por Delegação do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia.

Atualmente, o Tabelionato de Protesto de Títulos e Documentos de Dívida – 4º Ofício é moderno, composto de duas salas 102 e 103, contíguas, uma abrange a administração do Cartório, e a outra é destinada ao atendimento ao público, como, por exemplo: emissão de boletos de pagamento de títulos, pedidos de cancelamentos de protesto e expedição de certidões, negativas ou positivas, etc, tendo como meta a rapidez no atendimento e eficiência nos serviços cartorários.